Estudantes de Tefé recebem capacitação científica

Publicado em:  1 de fevereiro de 2011

01/02/2011 - Sete estudantes do município de Tefé foram selecionados para receber uma bolsa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Júnior (PIBIC Jr.), concedido pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) e Governo do Amazonas. O objetivo do programa é despertar a vocação científica e incentivar talentos potenciais no ensino fundamental, médio ou de educação profissional mediante o desenvolvimento de atividades de pesquisa científica, tecnológica ou de inovação. O programa deve ser organizado, na região onde atua, por uma instituição de pesquisa, neste caso, o Instituto Mamirauá.

Os integrantes do programa estiveram na sede do Instituto, entre os dias 27 e 31 de janeiro, para o Curso de Iniciação Científica (PIBIC Jr./IDSM-FAPEAM). Os conhecimentos foram transmitidos pelos pesquisadores do Instituto. A estudante Elinara Alves, 16 anos, está cursando o terceiro ano ensino médio e sua pesquisa de iniciação científica é sobre o macaco guariba. "O que estou aprendendo neste curso vai me permitir melhorar não só a minha pesquisa sobre o guariba, mas também auxiliar nas atividades da Escola", planeja a estudante.

A programação foi bem variada. Iniciou com uma apresentação sobre o Instituto Mamirauá, pela Coordenadora de Pesquisas, Nelissa Bezerra. Na sequência, o coordenador do programa PIBIC-Jr., Thiago Antônio Figueiredo, relembrou os direitos e deveres dos bolsistas. A história e a filosofia da Ciência foram apresentadas pelo antropólogo Rafael Barbi que informou: "Um bolsista está sendo iniciado nas atividades de pesquisa. Posteriormente, ele mesmo transformará seus experimentos em conhecimentos científicos".

Auristela dos Santos ensinou técnicas de leitura e interpretação de textos e Gerson Lopes e Graciete do Socorro falaram sobre pesquisa bibliográfica. Ainda foram ministradas noções básicas de informática, por João Paulo Borges Pedro, e noções básicas de estatística por Maria Cecília Gomes. Agora, os bolsistas já têm em mãos diversas ferramentas para transformarem suas pesquisas em conhecimento científico.

 por Eunice Venturi

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: