Instituto Mamirauá - Conservação na Amazônia - Foldscope: palestra no Instituto Mamirauá apresenta microscópio de baixo custo para pesquisa, saúde e educação na Amazônia - https://www.mamiraua.org.br/pt-br/comunicacao/noticias/2018/8/9/foldscope-palestra-no-instituto-mamiraua-apresenta-microscopio-de-baixo-custo-para-pesquisa-saude-e-educacao-na-amazonia/

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Notícias

Rafael Forte

Foldscope: palestra no Instituto Mamirauá apresenta microscópio de baixo custo para pesquisa, saúde e educação na Amazônia

09/08/2018


Pesquisadores e técnicos do Instituto Mamirauá se reuniram na manhã desta quarta-feira (08) para conhecer e discutir o uso do Foldscope. A ferramenta consiste em um microscópio portátil e de baixo custo que pode vir a ser um reforço aos esforços na área da pesquisa, saúde e educação na região amazônica. O encontro aconteceu na sede do Instituto Mamirauá, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e contou também com a presença de professores da rede pública de ensino do município de Tefé, estado do Amazonas.

A palestra foi apresentada pelo co-inventor da tecnologia, Dr. Jim Cybulski. PhD em engenharia mecânica pela universidade de Stanford, Jim passou os últimos 5 anos testando e desenvolvendo a ferramenta pelo mundo. “A ideia é que esse instrumento possa ser utilizado por qualquer pessoa e em qualquer lugar do mundo, expandindo assim o acesso à ciência”, explicou o pesquisador. 

De acordo com o coordenador de pesquisas do Instituto Mamirauá, Emiliano Esterci Ramalho, a tecnologia possui um alto grau de aplicabilidade. “A ideia inicial é realmente conhecer a ferramenta, mas podemos afirmar que ela pode auxiliar em diversas atividades que desenvolvemos aqui, como por exemplo, nas atividades de educação ambiental, análise de qualidade de água, análise sanitária do pirarucu manejado, entre outras”, afirmou Emiliano.      

O Foldscope

O microscópio impressiona pelo seu baixo custo. Feito principalmente de papel, o instrumento possui um custo de mercadoria inferior a um dólar americano. Apesar disso, é capaz de fornecer qualidade ótica semelhantes aos microscópios de pesquisa convencionais.

O projeto do Foldscope nasceu em 2014, com apoio da Gordon and Betty Moore Foundation, que também financia ações do Instituto Mamirauá em prol da conservação dos recursos naturais na Amazônia e melhoria da qualidade de vida da população local.

Texto: Laís Maia

 

Financiadores