Instituto Mamirauá - Conservação na Amazônia - Décimo quinto simpósio do Instituto Mamirauá encerra com anúncio de trabalhos científicos premiados - https://www.mamiraua.org.br/pt-br/comunicacao/noticias/2018/7/6/decimo-quinto-simposio-do-instituto-mamiraua-encerra-com-anuncio-de-trabalhos-cientificos-premiados/

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Notícias

Rafael Forte

Décimo quinto simpósio do Instituto Mamirauá encerra com anúncio de trabalhos científicos premiados

06/07/2018


Mais de 70 pesquisas, entre pôsteres e apresentações orais, estiveram em destaque nessa edição do evento. Simpósio ofereceu encontro entre visões de conservação e manejo na Amazônia

Os ciclos de vida de florestas na Amazônia. As tradições medicinais de cura em comunidades ribeirinhas. O manejo para sustentabilidade da caça de animais silvestres para subsistência. O passado pré-colonial dos povos que habitaram e moldaram o bioma amazônico. Esses foram apenas alguns dos temas presentes na 15ª edição do Simpósio sobre Conservação e Manejo Participativo na Amazônia (Simcon). O evento, organizado pelo Instituto Mamirauá, encerrou no início da tarde dessa sexta-feira (06/07) em Tefé, estado do Amazonas.

O simpósio chegou ao seu décimo quinto ano de realização como um dos mais relevantes eventos científicos e de extensão da Amazônia Central. Além de pesquisadores e técnicos do Instituto Mamirauá, anfitrião das atividades, participaram membros de centros amazônicos de pesquisa, como o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Museu Paraense Emílio Goeldi e Universidade Federal do Pará. Organizações de ciência e conservação mundiais também foram representadas, a exemplo da WWF e da Universidade Politécnica da Catalunha (UPC).

De acordo com o coordenador de Pesquisa e Monitoramento do Instituto Mamirauá, Emiliano Ramalho, "o décimo quinto simpósio foi excelente, com várias palestras de temas multidisciplinares bastante interessantes. Eu gostei especialmente da mesa sobre a legislação de caça no Brasil, um debate muito aprofundado". Para o pesquisador, o "evento está seguindo a progressão de a cada ano melhorar a qualidade de trabalhos científicos e discussões apresentados, o que mostra o amadurecimento da instituição em relação à pesquisa aplicada em conservação e manejo, que é a nossa missão".

Mais de 70 trabalhos científicos, entre pôsteres e apresentações orais, estiveram em destaque no Simcon. Os melhores estudos foram premiados ao final do evento, confira os vencedores a seguir:

 

Apresentação Oral

1ª lugar - Definição de áreas para manejo de fauna silvestre para subsistência em duas comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã

Autores: Lisley Pereira Lemos Nogueira Gomes; Caetano Lucas Borges Franco; Hani Rocha El Bizri, Valdinei Lemos Lopes, João Valsecchi

2º lugar – A história antiga do Lago Amanã a partir da Boa Esperança

Autores: Márjorie do Nascimento Lima; Maurício André da Silva; Mariana Franco Cassino; Carla Gibertone Carneiro; Kelly Brandão Vaz da Silva; Erêndira Oliveira; Javier Ruiz Perez; Jaqueline Gomes; Márcio Sabadinni; Márcio Amaral; Eduardo Kazuo Tamanaha; Eduardo Góes Neves.

 

Pôster

1ª lugar – Morfometria geométrica na análise de diformismo sexual em filhotes de Melanoschus niger (Crocodylia: Alligatoridae)

Autores: Fernanda Pereira da Silva, Bernadete Maria de Sousa; Robinson Botero- Arias

2º lugar – Legados indígenas, florestas úteis e manutenção de paisagens culturais na comunidade Boa Esperança, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, Brasil

Autores: Mariana Franco Cassino; Caetano Lucas Borges Franco; Guilherme de Queiroz Freire; Sara Deambrozi Coelho; Anderson Márcio Amaral Lima; Márjorie do Nascimento Lima; Eduardo Kazuo Tamanaha.

Todos os resumos de trabalhos apresentados durante o Simcon estarão em breve no site do Instituto Mamirauá no endereço https://www.mamiraua.org.br/simcon.

Apoio

O 15º Simpósio sobre Conservação e Manejo Participativo na Amazônia aconteceu entre os dias 3 e 6 de julho na sede do Instituto Mamirauá no município amazonense de Tefé, região do Médio Solimões.

O Instituto Mamirauá é uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Esta edição do evento contou com o apoio da Fundação Gordon and Betty Moore e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam).

Texto: João Cunha

 

Financiadores