Instituto Mamirauá - Conservação na Amazônia - Instituto Mamirauá forma novos multiplicadores em Turismo de Base Comunitária - https://www.mamiraua.org.br/pt-br/comunicacao/noticias/2018/5/1/instituto-mamiraua-forma-novos-multiplicadores-em-turismo-de-base-comunitaria/

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Notícias

Rafael Forte

Instituto Mamirauá forma novos multiplicadores em Turismo de Base Comunitária

01/05/2018


Com recursos da Fundação Gordon and Betty Moore, Instituto Mamirauá compartilhou experiência da Pousada Uacari, inciativa de turismo de base comunitária pioneira no Brasil

Entre os dias 25 e 28 de abril, o Instituto Mamirauá realizou o curso de “Planejamento e Gestão de Turismo de Base Comunitária”. O objetivo da capacitação, que reuniu profissionais de várias regiões do Brasil, foi formar multiplicadores para a gestão e manejo de recursos de ambientes naturais por meio da atividade de turismo de base comunitária.

De acordo com o coordenador do Programa de Turismo de Base Comunitária (TBC) do Instituto Mamirauá, Pedro Meloni Nassar, a ideia geral do curso é compartilhar a experiência do Instituto Mamirauá em turismo de base comunitária. Em um primeiro momento, os 13 participantes apresentaram sua área de atuação e os desafios da atividade em sua região. “Na seleção dos participantes nós buscamos formar um grupo mais heterogêneo possível, mas priorizando profissionais com atuação na Amazônia”, explicou o coordenador.

A turismóloga e especialista em Planejamento e Gestão de Empreendimentos e Destinos Turísticos Sustentáveis, Polyana Gomes, veio de Roraima com o objetivo de adquirir conhecimentos para aplicar em sua região. “Estamos vendo a possibilidade de implementar o turismo de base comunitária na região de Serra Grande. Eu espero contribuir com a iniciativa levando um pouco da vivência do Instituto Mamirauá e da Pousada Uacari”. Para a turismóloga, a interatividade do curso foi um dos fatores mais positivos. 

Desde 2004 envolvido nas atividades da Pousada Uacari, o orientador de Ecoturismo, Paulo Martins, participa pela primeira vez do curso. “Eu vim aproveitar essa troca de experiências, conhecer o trabalho feito em outras áreas e, quem sabe, trazer novas ideias para o lugar que eu trabalho”, afirmou Paulo.

Durante os três dias, os participantes discutiram temas relacionados a prática do Ecoturismo e do Turismo de Base Comunitária, tais como: mudanças sociais e econômicas, modelos de gestão e governança, técnicas de planejamento e comercialização. A capacitação contou ainda com uma parte prática, onde os multiplicadores visitaram a pousada Uacari. “A ideia era que os participantes conhecessem o funcionamento do local, acompanhando o dia a dia na pousada”, afirmou Pedro.

Sobre a Pousada Uacari

Desde 1998, o Instituto Mamirauá, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), assessora comunidade locais para prestação de serviços turísticos na Pousada Uacari. Uma das preocupações centrais da iniciativa é fortalecer a autonomia dos moradores locais na gestão da atividade, gerando emprego e renda na região, além de contribuir para a conservação dos recursos naturais. A Pousada Uacari vem ganhando visibilidade no cenário turístico nacional e internacional. Em 2018, foi finalista do prêmio Tourism for Tomorrow, um dos mais importantes do segmento.

Texto: Laís Maia 

Financiadores