Instituto Mamirauá - Conservação na Amazônia - Instituto Mamirauá lança cartilha educativa sobre proteção ambiental - https://www.mamiraua.org.br/pt-br/comunicacao/noticias/2018/3/8/instituto-mamiraua-lanca-cartilha-educativa-sobre-protecao-ambiental/

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Notícias

Rafael Forte

Instituto Mamirauá lança cartilha educativa sobre proteção ambiental

08/03/2018


Publicação reúne informações sobre fauna e flora da Reserva Mamirauá, além do importante trabalho dos Agentes Ambientais Voluntários

O Instituto Mamirauá acaba de lançar uma nova cartilha educativa. Voltada para os Agentes Ambientais Voluntários (AAVs), “Proteção ambiental: um compromisso de todos”, tem o objetivo de auxiliar na formação desses protetores das Reserva Mamirauá e Amanã. A publicação está disponível para acesso e download gratuito no site do instituto.

Os AAVs atuam como agentes de informação. Eles colaboram e orientam os demais moradores quanto à proteção do local onde vivem e ajudam na gestão do espaço, contribuindo com a prevenção de problemas e conflitos relacionados ao uso dos recursos naturais.

Para Paulo Roberto e Souza, um dos autores da cartilha, a publicação deverá auxiliar o trabalho dos AAVs. “A cartilha é uma ferramenta importante para o trabalho de proteção ambiental. A partir da publicação, esperamos que os agentes possam mostrar qual é o papel deles e qual a importância do trabalho que desempenham para as suas comunidades”.

Um compromisso de todos

Paulo Roberto ressalta o envolvimento dos comunitários para as atividades de conservação ambiental nas reservas. “A gente entende que ter essas pessoas, com esse ânimo e disponibilidade, para realizar o trabalho de proteção é muito importante. Os comunitários são os primeiros interessados no uso dos recursos, e, sem proteção, não temos garantia que esses recursos perdurem”. Além de receber as cartilhas, os agentes ambientais voluntários deverão receber capacitações sobre o uso do material.

A cartilha também será um material de apoio nas atividades do Programa de Gestão Comunitária (PGC). “Esse ano vamos realizar oficinas de gestão de pessoas e a cartilha será um dos materiais que vamos trabalhar com eles”, explicou Hudson Araújo, outro autor da cartilha.

De acordo com o educador ambiental, Claudioney Guimarães, estão previstas a elaboração de pelo menos mais duas publicações. “A próxima será sobre associações comunitárias”.  

O PGC tem como missão “Promover a gestão participativa de recursos naturais, apoiando ações de sustentabilidade e de conservação da biodiversidade”. Uma das linhas de atuação do Programa é a educação ambiental, na qual o Instituto Mamirauá possui vasta experiência, trabalhando com professores das comunidades das reservas Mamirauá e Amanã desde o início da década de 1990.

A publicação do Instituto Mamirauá, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), é uma ação do projeto "Mamirauá: Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade em Unidades de Conservação" (BioREC), com financiamento do Fundo Amazônia, gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Texto: Laís Maia

 

Financiadores