Instituto Mamirauá - Conservação na Amazônia - Neste semestre, mais de 330 pescadores foram treinados para o manejo sustentável de caranguejo no Pará - https://www.mamiraua.org.br/pt-br/comunicacao/noticias/2017/7/31/neste-semestre-mais-de-330-pescadores-foram-treinados-para-o-manejo-sustentavel-de-caranguejo-no-para/

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Notícias

Rafael Forte

Neste semestre, mais de 330 pescadores foram treinados para o manejo sustentável de caranguejo no Pará

31/07/2017


Entre os meses de maio e julho, 87 pescadores artesanais de caranguejo participaram dos cursos de extensão pesqueira no Pará. Os pescadores são moradores de 22 comunidades de Reservas Extrativistas Marinhas do estado. Neste semestre, ao todo, foram 336 pessoas treinadas para execução das técnicas de transporte sustentável do animal para a comercialização.

“Os cursos são itinerantes, percorrem cada comunidade pesqueira interessada em receber capacitação profissional sobre a forma de embalar o caranguejo, que diminui a mortalidade no transporte e possibilita que o produto seja estocado por até seis dias e comercializado”, explicou Patrick Passos, sociólogo da Sedap e um dos responsáveis pelo curso.

A iniciativa é realizada em parceria pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca do Pará (Sedap), pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e pelo Instituto Mamirauá. E conta com o financiamento da Fundação Moore. O Instituto Mamirauá apoia a realização dos cursos desde 2013.

Com as dez edições, a equipe chega ao número de 79 cursos já realizados. Ao todo, já participaram da capacitação cerca de 2.800 pescadores. Nos últimos três meses, as oficinas foram feitas em três reservas extratvistas marinhas, que foram criadas em 2014 pelo Governo Federal: a Resex Cuinarana, no munícipio de Magalhães Barata, a Resex Mocapajuba, no município de São Caetano de Odivelas, e Resex Mestre Lucindo, no município de Marapanim. As três Reservas fazem parte do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), do Governo Federal, que visa fortalecer o Sistema Nacional de Unidades de Conservação na Amazônia.

Financiadores