Semana Nacional de Ciência e Tecnologia inicia em Tefé (Am)

Publicado em: 21 de outubro de 2015

Foi dada a largada. A partir de hoje é realizada uma série de atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) em Tefé (Am). Neste ano, o evento conta com a parceria de diversas instituições de ensino e pesquisa do município e vai apresentar palestras e exposições, entre outras atividades. A cerimônia de abertura foi realizada na noite de 20 de outubro na sede do Instituto Mamirauá, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Durante discurso na cerimônia de abertura, o diretor técnico científico do Instituto Mamirauá, João Valsecchi do Amaral, comentou sobre o objetivo principal do evento, de promover atividades visando a aproximação da ciência e tecnologia da população. “Com base nesse objetivo, o Instituto Mamirauá promove a Semana de Ciência e Tecnologia desde 2010. Durante os últimos anos, visitantes puderam conhecer um pouco da instituição e parte dos trabalhos realizados aqui. No primeiro ano, aproximadamente 600 pessoas visitaram o instituto e desde então, o evento não parou de crescer. Já no ano passado, mais de duas mil pessoas passaram pela instituição”, afirmou.

As atividades são gratuitas e abertas ao público. Na programação do Instituto Mamirauá, os visitantes poderão conhecer a sede da instituição, as coleções biológica, arqueológica e etnográfica, entender melhor sobre as pesquisas e programas de manejo, participar de palestras e jogos educativos. Além disso, será realizada a 1ª Feira de Ciências, Tecnologia e Desenvolvimento Social do Médio Solimões, com apresentação de projetos desenvolvidos pelas escolas públicas de Tefé.

Marcus Lúcio de Sousa, coordenador do curso de química da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), enfatizou a importância do trabalho conjunto entre as instituições para a promoção do evento. “Já realizávamos o evento, mas de forma isolada. E este ano tornou-se um evento destinado a todos, aberto ao público em geral do município. Conversar com as instituições envolvidas, com os palestrantes, o povo, para saber a expectativa do que poderíamos ofertar, abriu várias ideias. Creio que as pessoas que participarem de algum desses eventos, vão gostar. São palestras, oficinas, minicursos e vários outros que estão sendo ofertados”, completou Marcus.

Após a cerimônia de abertura, o técnico do Programa Qualidade de Vida do Instituto Mamirauá, Otacílio Brito, apresentou palestra sobre tecnologias sociais desenvolvidas, implantadas e monitoradas pela equipe nas Reservas Mamirauá e Amanã. Entre as tecnologias apresentadas esteve o projeto Gelo Solar, que instalou experimentalmente três máquinas com capacidade diária de produção de 90 quilos de gelo na comunidade Vila Nova do Amanã . O equipamento possui um sistema fotovoltaico inovador, que não utiliza baterias, e funciona com a captação de energia solar. 

Outras duas palestras foram apresentadas, como casos de sucesso do Sebrae. Mário Freitas do Valle falou sobre sua empresa Tambaqui de Banda, restaurante de Manaus. O empresário comentou sobre os desafios e dificuldades da implantação do empreendimento, até que conseguisse se consolidar no mercado. Outra experiência exposta foi da Personal Clinic Training, academia que oferece serviço diferenciado em Manaus. O case foi apresentado por Sonia Maria Matos.

Além do Instituto Mamirauá, as atividades simultâneas em Tefé também acontecem na UEA, no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), no Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam). Veja a programação completa.

A SNCT em Tefé conta com apoio do Governo do Estado do Amazonas, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas e Programa Ciência na Escola, da Prefeitura Municipal de Tefé, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nivel Superior (Capes) e da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social, do MCTI. . 

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu email: