Projeto Energia Solar nas Ondas do Rádio encerra com a certificação de mais de 60 jovens em 2016

Publicado em: 27 de junho de 2016

Mais uma etapa vencida para os 67 alunos do Projeto Energia Solar nas Ondas do Rádio. Neste mês, os jovens foram certificados em cerimônia realizada na sede do Instituto Mamirauá em Tefé, no Amazonas. A iniciativa é realizada pelo Instituto Mamirauá - unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações -, em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e com o patrocínio da Petrobras. A cerimônia também marcou o encerramento do projeto, que qualificou ao todo 133 jovens das áreas urbana e rural de Tefé.

Participaram da última etapa do projeto jovens das comunidades Agrovila, Missão e uma comunidade da Floresta Nacional de Tefé. O Instituto Mamirauá contou com o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para a realização das atividades do projeto na zona rural de Tefé. Os alunos participaram de aulas práticas e teóricas dos cursos de Sistema de Energia Solar Fotovoltaica, Sistema de Radiodifusão Comunitária e Programação e Difusão de conteúdos para Rádio Comunitária. Foram apresentados conteúdos relacionados aos conceitos básicos de eletricidade, geração de energia, fontes renováveis, a importância das rádios no Brasil e na Amazônia e produção de conteúdo para rádios comunitárias, entre outros.

A diretora de Manejo e Desenvolvimento do Instituto Mamirauá, Isabel Soares, comentou no evento sobre o pioneirismo do Instituto Mamirauá no desenvolvimento de ações com uso de energia limpa na região do Médio Solimões. “Os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o uso de energia solar para alimentar uma rádio comunitária. Mas a energia solar é útil para várias coisas. O Instituto Mamirauá desenvolve vários projetos com o uso desse tipo energia. A intenção desse curso é um desafio e é fundamental o projeto garantir e informar sobre o uso de energias renováveis”, disse.

O projeto visou promover o conhecimento sobre energias renováveis e comunicação comunitária. Elizete Negrão da Silva, da Petrobras, participou da cerimônia de formatura e encerramento do projeto. “Os resultados obtidos são satisfatórios por dar essa oportunidade na região, para o município de Tefé como um todo, tanto para a zona rural quanto para a urbana. Esses jovens são protagonistas de uma inovação em nosso estado do Amazonas e a gente espera que isso se multiplique”, comentou.

Um dos jovens que concluiu o curso foi Jonas Duarte da Cruz. O jovem é indígena Miranha da aldeia Cuiú-Cuiú e já é uma liderança em comunicação popular em sua região. Ele contou que já trabalha com rádio comunitária há cinco anos. A Rádio Xibé, iniciativa do jovem, viaja por comunidades ribeirinhas e indígenas da região, onde se instala por alguns dias para utilização dos comunitários. “Participei do curso para aprender uma coisa a mais, aprendi mais da parte técnica, e sobre a rádio conectada na placa solar, que é uma economia, não é poluidor. Hoje a gente usa motor de luz à diesel. A placa solar é uma fonte limpa e sem poluição”, contou o jovem.

Jonas contou que sai do curso com novos projetos. “Agora eu pretendo fazer oficinas nas comunidades, tentando buscar parcerias e buscar novos conhecimentos também. Quero criar um projeto que cada comunidade tenha sua boca de ferro pra divulgar e ter um conhecimento maior. O curso me mostrou uma nova maneira de uso de energia e também de preservar a natureza”, disse.

Durante a cerimônia de certificação, um grupo de formandos demonstrou ao vivo alguns dos conhecimentos adquiridos durante o curso. Os jovens fizeram uma apresentação divertida de rádio, com música, piadas e notícias para o público presente.

Entrega de equipamentos

Ao fim da cerimônia, foram doados alguns equipamentos para comunidades que participaram do Projeto. As comunidades Agrovila e Vila Sião (Floresta Nacional de Tefé) ganharam cada uma um kit completo de rádio comunitária com utilização de energia solar fotovoltaica. E 17 jovens que participaram do projeto ganharam um tablet para dar sequência às atividades propostas pelos cursos.

Francisco Dácio Falcão, presidente da Associação de produtores agroextrativistas de Tefé e Entorno, recebeu o kit de rádio representando a comunidade Vila Sião. “A minha maior alegria é que essa rádio não vai ser só de uma comunidade, mas de um núcleo de comunidades que quiserem participar. Nossa ideia é fazer a interação, a comunicação e o envolvimento social entre eles. A energia solar é um diferencial que está chegando pra nós. Hoje nós temos uma rádio que funciona com painel solar. Para nós, vai ser uma certificação de que esse projeto com energia renovável dá certo e vale à pena”, comentou.

Elizete reforçou a importância da disseminação do uso de energias renováveis no Amazonas. “Provavelmente muitos dos jovens que participaram do curso nem tinham conhecimento sobre essa possibilidade do uso de uma energia renovável para funcionamento de uma rádio. A gente vê que a energia solar para a nossa região, por causa da distância e da logística ser muito complicada, pode ser uma solução viável no futuro para essas comunidades”, concluiu.

Texto: Amanda Lelis

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu email: