Pesquisadores em formação: Instituto Mamirauá realiza seminário parcial de iniciação científica

Publicado em: 16 de março de 2018

Bolsas PIBIC são o primeiro passo na ciência para muitos estudantes. Na temporada 2017/2018 do programa, a fauna amazônica, turismo e saneamento estão entre os temas de pesquisa

Resumir meses de trabalho em quinze minutos de apresentação. Esse foi o desafio de treze estudantes que fazem parte do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) do Instituto Mamirauá. O Seminário Parcial PIBIC foi realizado nos dias 15 e 16 de março, na sede do instituto, em Tefé, Amazonas.

A migração de jovens de comunidades ribeirinhas para as cidades, saneamento básico na Amazônia, a composição da dieta dos macacos guaribas-vermelhos e manejo de pesca são alguns dos temas da temporada 2017/2018 de iniciação científica. Realizado há 15 anos no Instituto Mamirauá, o programa de bolsas PIBIC é o primeiro passo no mundo da ciência para muitos jovens no município amazonense.

É o caso do estudante de Ensino Médio, Matheus Novaz. Junto ao Grupo de Pesquisa em Inovação, Desenvolvimento e Adaptação de Tecnologias Sustentáveis (GPIDATs), ele está investigando a percepção dos moradores da cidade sobre a qualidade e distribuição da água consumida. Parte das pesquisas se passa dentro do laboratório, para a análise da qualidade real da água, segundo Matheus uma de suas etapas preferidas. “Eu gosto muito de trabalhar no laboratório, porque quero cursar Biomedicina, com inovação e saúde”, então está me ajudando bastante esse início no Instituto Mamirauá”, fala.

Para a pesquisadora do Instituto Mamirauá, Patrícia Müller, o seminário parcial é um momento “de avaliar o andamento das pesquisas, o que pode ser mudado, melhorado. É também um preparo para os bolsistas, treinando a capacidade de apresentar e defender ideias, lidar com o público, trabalhar com o cronômetro e ouvir sugestões. Tudo isso faz parte de ser um cientista”.

Desde sua criação, em 2003, mais de 300 estudantes já passaram pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) do Instituto Mamirauá, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Texto: João Cunha

 

 

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu email: