Parceria entre Incubadora Mamirauá e Sebrae oferece seminário de empreendedorismo em Tefé

Publicado em: 17 de setembro de 2014

Entre os dias 15 e 20 de setembro é realizado, na sede do Instituto Mamirauá, em Tefé (AM), o seminário Empretec. A iniciativa é uma parceria entre a Incubadora Mamirauá e o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e visa promover o desenvolvimento do comportamento empreendedor e melhoria do desempenho empresarial dos alunos.

Um dos principais objetivos da incubadora de empresas de base tecnológica, recentemente inaugurada pelo Instituto, é incentivar e fortalecer o potencial de inovação no interior do Amazonas. Participam do Seminário 15 alunos, entre empresários do município e interessados em iniciar um negócio na região.

“A metodologia foi desenvolvida pela Organização das Nações Unidas e, há 20 anos, o Sebrae enxergou isso como uma solução de empreendedorismo, e abraçou essa ideia. Conseguiu ampliar o seminário, com o foco do Sebrae, que é fomentar o empreendedorismo de pequenas empresas”, afirmou Salvio Rizzato, facilitador do Empretec, durante a abertura do curso.

As atividades desse seminário são focadas na metodologia vivencial, envolvendo os participantes em jogos de negócios, dinâmicas e situações reais de empreendedorismo, além da apresentação de uma base conceitual. Uma das atividades, por exemplo, é a criação de uma empresa, e a simulação da sua administração, como planejamento, estruturação de metas, previsão de riscos e análise de resultados.

“Consideramos muito importante apoiar estas oportunidades que visam testar e potencializar o comportamento empreendedor, fortalecendo as habilidades de liderança em pessoas que já são empreendedoras ou que têm interesse em empreender”, avaliou Josivaldo Modesto, Coordenador do Núcleo de Inovação e Tecnologias Sustentáveis do Instituto Mamirauá.

De acordo com Josivaldo, o Instituto Mamirauá busca mapear empresários locais que estejam interessados em arranjos produtivos para organizar ou fortalecer cadeias de interesse, como é o caso das atividades que envolvem o uso da biodiversidade ou de seus derivados.

Por Amanda Lelis

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: