Nos 25 anos da Floresta Nacional de Tefé, Instituto Mamirauá apresenta resultados de expedição científica

Publicado em: 16 de abril de 2014

O Instituto Mamirauá esteve presente nas comemorações dos 25 anos da Floresta Nacional (Flona) de Tefé, realizada no sábado, dia 12 abril. Pesquisadores do Instituto Mamirauá explanaram sobre a expedição científica realizada em 2012 no Rio Tefé com o objetivo de levantar informações sobre os vertebrados aquáticos na região, incluindo distribuição, abundância e relação com as comunidades ribeirinhas.
 
“Deixamos em exposição um banner que continha informações sobre a expedição realizada para coletar informações sobre vertebrados aquáticos no entorno da Flona. As pessoas vinham tirar dúvidas sobre esse assunto e fomos mostrando como o trabalho foi realizado”, comentou a bióloga Kelly Torralvo. Durante a expedição, foram contabilizadas as avistagens de botos. Deslocamentos mais curtos foram realizados a bordo de um bote para identificação de vestígios de ariranhas e lontras (locas, latrinas, fezes). Foram avistados 250 botos vermelhos, 105 tucuxis, 26 lontras e duas ariranhas. 
 
Para identificar quelônios, 28 pontos foram amostrados por um período mínimo de 12h. Os animais capturados foram identificados quanto à espécie e sexo, medidos, pesados, marcados e avaliados clinicamente, em seguida, foram soltos no local de captura. Os pesquisadores encontraram sete iaçás, cinco tracajás e três fêmeas de tartarugas-da-amazônia. 
 
Durante, a equipe pôde identificar os jacarés amazônicos. Sendo esses, os animais mais avistados, totalizando 712. Os indivíduos foram avistados em focagens noturnas utilizando voadeira em velocidade controlada e farol de luz. Eram contabilizados pelos pares de olhos refletidos. Os animais que foram identificados tiveram seu tamanho estimado e sua espécie reconhecida através de características como formato da cabeça, coloração e manchas no corpo e cauda.
 
A Flona de Tefé completou 25 anos de fundação no dia 10 de abril. Para comemorar a data, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) organizou festividades que levaram informação e cultura para a população tefeense, no último sábado (12). Durante o evento, foram expostos artesanatos e comidas típicas feitas por moradores da Flona e, ainda, apresentações de dança, vídeos e poesia. Texto Paulo Araujo.

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: