Moradores e usuários da Reserva Amanã pedem mais infraestrutura e apoio na fiscalização

Publicado em: 29 de abril de 2012

Cerca de 90 pessoas participaram, entre os dias 20 e 21 de abril, da V Assembleia Geral da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, na comunidade Santa Maria, município de Maraã. Durante dois dias, os presentes discutiram sobre a infraestrutura da reserva e a necessidade de investimentos do Governo do Estado para ações de fiscalização. A ausência de algumas instituições dificultou o encaminhamento de soluções. A Reserva Amanã é politicamente dividida em seis setores, e apenas um setor não esteve na Assembleia. A reunião iniciou com uma apresentação dos coordenadores de cada setor, enfatizando as demanda de cada região. 

 
Danilo Nunes de Souza, coordenador do Setor Caruara, falou das dificuldades do setor em saúde, mas ressaltou o avanço com o trabalho do Acordo de Pesca no setor, realizado com a assessoria técnica do Instituto Mamirauá. Souza também solicitou apoio ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM) e ao Centro Estadual de Unidades de Conservação (CEUC) para o trabalho de vigilância.
 
O tema que dominou a pauta de melhorias no Setor Amanã foi a educação. “Não apenas o Setor Amanã, mas a reserva como um todo, deveria fazer uma pressão para obter melhorias na educação”, afirmou Raimundo Silva dos Reis, acrescentando que os cursos e oficinas do Instituto Mamirauá tem contribuído para que as pessoas tenham mais conhecimento e possam se organizar melhor, como os cursos de criação de pequenos animais, de lideranças e de educação ambiental.
 
Como normalmente ocorre nas assembleias, o Instituto Mamirauá apresentou um panorama das ações desenvolvidas na reserva. Isabel Soares, diretora de Manejo e Desenvolvimento, mostrou o orçamento dos programas para o ano de 2012, especificando os setores de atuação dentro da Reserva Amanã e as atividades programadas. A próxima Assembleia Geral da Reserva Amanã será realizada entre os dias 18 e 20 de abril, no setor Caruara, município de Maraã.
 
Texto: Eunice Venturi

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: