Jogos divertem público durante Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Publicado em: 17 de outubro de 2014

O Instituto Mamirauá recebe de 16 a 18 de outubro visitantes e grupos escolares em sua sede, na cidade de Tefé. As atividades fazem parte das ações da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida nacionalmente pelo Ministério de Ciências, Tecnologia e Inovação. O intuito é aproximar a população de instituições de pesquisa, divulgando a produção do conhecimento científico.

Visitas agendadas e espontâneas permitem ao visitante conhecer as instalações do Instituto, conversar com pesquisadores e conhecer peças que fazem parte do acervo da instituição. E este ano foi reservado um espaço especial para os jogos educativos. Depois de se divertir na Trilha Ecológica, Moises Dantas, de 10 anos, estava empolgado: "É legal jogar esse jogo! Aprendi que a gente não deve maltratar os animais, plantar árvores, plantar várias coisas. Quando a gente joga é mais legal de aprender".

Desenvolvidos pelo Instituto Mamirauá, estes jogos permitem debater com os alunos temas como a conservação ambiental e manejo participativo: “O jogo é uma ferramenta que possibilita trabalharmos diversos conceitos, de forma participativa, interativa e dinâmica. O conteúdo tem o objetivo de difundir o conhecimento sobre a região amazônica, fauna e flora, a importância da conservação, entre outros assuntos”, afirma Claudioney Guimarães, educador ambiental do Instituto.

"A expectativa das crianças para esta visita é muito grande. E é muito importante porque a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia apresenta para eles questões sobre a conservação do meio ambiente. Por exemplo, estes jogos educativos são uma forma de aprender a preservar o meio ambiente brincando", conta Ronaldo Salvador, gestor educacional do projeto Sesc Ler, promovido nacionalmente pelo Serviço Social do Comércio.

Para quem não pode acompanhar as atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia na sede do Instituto, em Tefé, estes jogos educativos estão disponíveis para download aqui. A produção desse material faz parte das ações do projeto “Participação e Sustentabilidade: o Uso Adequado da Biodiversidade e a Redução das Emissões de Carbono nas Florestas da Amazônia Central” – BioREC – desenvolvido pelo Instituto Mamirauá com financiamento do Fundo Amazônia.

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: