Instituto Mamirauá realiza atividades de prevenção em saúde comunitária na Reserva Amanã

Publicado em: 13 de setembro de 2013

O Programa Qualidade de Vida do Instituto Mamirauá promoveu, em agosto, uma oficina de prevenção em saúde para moradores da Comunidade Boa Esperança, que fica na Reserva Amanã, município de Maraã (AM). Foram abordados temas como resíduos sólidos e a água e os problemas que o lixo e a água poluída podem causar à saúde. Na oportunidade, foram apresentados os resultados de pesquisas desenvolvidas pelo Instituto Mamirauá sobre água e parasitas intestinais. Segundo Maria Mercês da Silva, técnica do programa, os moradores também acompanharam o passo a passo do correto tratamento de água nas residências.

“Dentro do tema “resíduos sólidos”, nós falamos sobre o conceito, classificação, origem, riscos para a saúde, benefícios da coleta seletiva, atitudes erradas e uma reflexão sobre o alcance dos 3Rs (reduzir o consumo, reutilizar e reciclar) e apresentamos o vídeo “A História de Conceição” que fala da mobilização popular como saída para alguns dos problemas encontrados nas comunidades”, enfatizou Maria Mercês.

Os participantes elaboraram algumas propostas para diminuir os riscos à saúde e ao meio ambiente, que significa: ter água de qualidade sempre realizando métodos simples. O uso torneiras nos potes, o usar do hipoclorito, coar a água com um, fazer coleta seletiva, destiná-lo em local adequado e fazer uma casa para guardar os materiais que podem ser reciclados como garrafas pet e latinhas, foram alguns dos itens lembrados.

Para Antônio Francisco, morador da comunidade Boa Esperança, as atividades do Instituto Mamirauá disseminam boas práticas para melhorar a vida das pessoas: “Através das oficinas, os agentes de saúde e professores podem desenvolver melhor suas atividades contribuindo para que a gente evite doenças que são geradas a partir do lixo e da água contaminada”.

Texto: Francisco Rocha

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: