Instituto Mamirauá anuncia novos representantes nas diretorias

Publicado em:  4 de outubro de 2018

Os pesquisadores Emiliano Ramalho e Dávila Côrrea assumem, respectivamente, as diretorias Técnico Científica e de Manejo e Desenvolvimento da instituição

Unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) na Amazônia, o Instituto Mamirauá tem novos diretores em suas frentes de pesquisa e de projetos de manejo e qualidade de vida, a partir deste mês de outubro. Emiliano Esterci Ramalho assume a Diretoria Técnico-Científica e Dávila Côrrea é a nova diretora de Manejo e Desenvolvimento da instituição, que é sediada em Tefé, cidade no centro do estado do Amazonas.

Conheça os diretores

Emiliano Ramalho é doutor em Ecologia e Conservação da Vida Silvestre pela Universidade da Flórida e mestre em Ecologia formado pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). Nascido no Rio de Janeiro, integra o Instituto Mamirauá desde 2004, estando à frente de projetos de pesquisa em conservação de onças-pintadas e monitoramento da biodiversidade.

Na diretoria Técnico Científica, o pesquisador vai administrar grupos e linhas de pesquisas nas diversas áreas do conhecimento em que o Instituto Mamirauá trabalha, incluindo ecologia florestal, ecologia de répteis, de quelônios e arqueologia, com foco na conservação, no manejo de recursos naturais e no desenvolvimento sustentável.

Saiba mais sobre o pesquisador: 

Dávila Corrêa é mestre em Sociologia pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e cientista social graduada na mesma instituição. Desde 2005, desenvolve pesquisas na região do Médio Solimões em sociodemografia e políticas socioambientais e, a partir de 2011, assumiu a coordenação do Programa Qualidade de Vida no Instituto Mamirauá, que trabalha no desenvolvimento e na experimentação de tecnologias sociais com aplicação em áreas rurais da Amazônia.

A Diretoria de Manejo e Desenvolvimento é responsável por integrar e articular ações do Instituto Mamirauá nos campos da conservação dos recursos naturais, melhoria da qualidade de vida de populações amazônicas e de manejo participativo.

Saiba mais sobre a pesquisadora: 

Joyce Rocha de Sousa dá continuidade à gestão na Diretoria Administrativa, que coordena as áreas operacionais que estruturam o bom funcionamento do Instituto Mamirauá. Joyce é natural de Tefé, formada em Pedagogia, já foi coordenadora de compras, analista de finanças e desde 2003 trabalha no instituto.

Nova gestão

Na última sexta-feira, 28 de setembro, foi anunciado o novo Diretor-Geral do Instituto Mamirauá para o próximo ciclo de gestão.  João Valsecchi do Amaral assume o cargo para um mandato de quatro anos. O pesquisador é graduado em Ciências Biológicas e da Saúde pela Universidade São Judas Tadeu (2000), é mestre em Zoologia pelo Museu Paraense Emilio Goeldi (MPEG) e Universidade Federal do Pará (2005) e doutor pela Universidade Federal de Minas Gerais (2012). É pesquisador titular da área de ecologia de vertebrados e atua no Instituto Mamirauá desde 2001.

Texto: João Cunha

 

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu email: