Instituto Mamirauá é finalista do Desafio Transforma da Fundação Banco do Brasil

Publicado em: 13 de novembro de 2020

Primeira edição do processo seletivo recebeu 232 inscrições. Projeto sobre Tecnologias Sociais de abastecimento de água para comunidades ribeirinhas da Amazônia está na final do Desafio

A Fundação Banco do Brasil, mantida pelo banco do mesmo nome, lançou em setembro deste ano o “Desafio Transforma de Replicação de Tecnologias Sociais”, com o objetivo de selecionar e apoiar a projetos de reaplicação de tecnologias sociais certificadas pela Fundação, que visem promover soluções nas temáticas de educação ou meio ambiente. O apoio será entre 300 mil e 500 mil reais.

Durante esta semana, a organização do Desafio Transforma divulgou o resultado das 10 instituições finalistas da 1ª Edição de 2020. Com o “Projeto: Arranjo de Tecnologias Sociais de abastecimento de água para comunidades ribeirinhas da Amazônia”, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, organização social do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), foi selecionado para a próxima etapa do desafio da Fundação Banco do Brasil.

O Projeto

Os objetivos do Instituto Mamirauá abrangem a construção e a consolidação de modelos para o desenvolvimento econômico e social de pequenas comunidades ribeirinhas por meio do desenvolvimento de tecnologias socialmente e ambientalmente justas. O sistema de abastecimento de água foi desenvolvido pelo Mamirauá ao longo de 20 anos, e contribui diretamente para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), mais especificamente do ODS 6.

“No Desafio Transforma da Fundação Banco do Brasil nós queremos implementar Sistemas de Abastecimento de água integradas com a tecnologia social dos Filtros Ecológicos Alternativos e da Desinfecção Solar, fechando o ciclo do abastecimento de água em bombeamento e em tratamento domiciliar”, destaca Maria Cecília Rosinski Lima Gomes, coordenadora do Programa Qualidade de Vida do Instituto Mamirauá.

A finalidade do “Projeto: Arranjo de Tecnologias Sociais de abastecimento de água para comunidades ribeirinhas da Amazônia” é levar o acesso de água para mais comunidades da região Amazônica, reunir atores locais para conhecerem as tecnologias sociais existentes e, por meio de diálogo, construir em conjunto uma gestão local e participativa, promovendo a sustentabilidade das tecnologias sociais de saneamento.

Foto: Amanda Lelis
Foto: Amanda Lelis
Foto: Amanda Lelis
Foto: Thiago Albuquerque
Foto: Rafael Forte

Próxima fase do processo seletivo

Das 232 inscrições recebidas na edição de 2020, 134 propostas pertenciam à área de educação e 98 de meio ambiente. Os 10 projetos finalistas são de: Mossoró (RN), Pelotas (RS), Turmalina (MG), Vale do Jequitinhonha – (MG), Tefé (AM), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Nilo Peçanha (BA), Rio Grande (RS) e Castanhal (PA).

 “A partir de agora, o processo seletivo acontece em duas etapas, na primeira são analisadas as condições gerais dos projetos alinhados aos critérios de avaliação. Na segunda etapa, 10 projetos finalistas participam do Pitch Day, dia de apresentação para uma banca de especialistas composta por representantes da Fundação Banco do Brasil, dos parceiros: BB Tecnologia e Serviços (BBTS), BB Gestão de Recursos (BB DTVM) e Ativos S.A. e apoiadores: Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), Microsoft e GIFE”, afirmou a Fundação BB em nota.

Sobre o Desafio Transforma

 As instituições vencedoras receberão um investimento social de R$ 300 mil a R$ 500 mil cada, com foco na reaplicação de Tecnologias Sociais cadastradas na rede Transforma, para promoção de soluções de impacto socioambiental positivo nas temáticas de educação e meio ambiente.

O anúncio dos vencedores acontece no dia 3 de dezembro, e fará parte do evento de comemoração dos 35 anos da Fundação BB, que celebra sua história de apoio a ações de inclusão socioprodutiva de públicos vulneráveis, de geração de trabalho e renda, de preservação do meio ambiente e educação, valorizando as Tecnologias Sociais, soluções inovadoras para problemas sociais que somam saberes populares e da ciência.

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: