Estudantes participam de palestra sobre projeto “Energia Solar nas Ondas do Rádio”

Publicado em: 13 de maio de 2015

Técnicos do Instituto Mamirauá participaram da Semana de Ciência e Tecnologia, no Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) para apresentar o projeto “Energia Solar nas Ondas do Rádio”. Com patrocínio da Petrobras, o projeto vai qualificar 120 jovens de Tefé (AM) com a oferta de cursos focados em sistemas fotovoltaicos capazes de gerar energia para o funcionamento de rádio comunitária. Os estudantes que acompanharam a apresentação também ficaram sabendo dos próximos passos do projeto que inclui o início das inscrições e a seleção em fevereiro de 2015 e os primeiros treinamentos em março.
 
O projeto acontece ao longo de dois anos, com a realização de seis cursos que irão aliar as tecnologias do sistema fotovoltaico e as de radiodifusão comunitária em sistemas de alto falante, proporcionando aos jovens conhecimento, qualificação e certificação por instituição de ensino profissional. Poderão participar jovens de 15 a 29 anos, residentes em comunidades rurais ou urbanas de Tefé.
 
Segundo Otacílio Brito, técnico em tecnologias sociais, o Cetam é um dos apoiadores do projeto e entrará com o processo de ensino/aprendizagem na educação profissional e certificação. “Apresentar o projeto foi uma oportunidade para relatar a experiência do Instituto Mamirauá nas ações de energia fotovoltaica e comunicação popular. Sobretudo apresentar como o projeto vai trabalhar para que os 120 jovens conheçam os sistemas fotovoltaicos capazes de gerar energia para o funcionamento de uma rádio comunitária com sistema de alto falante, na perspectiva de que estes jovens passem a “semear” informações sobre a importância e viabilidade do uso das energias renováveis”, afirmou.
 
Para realização das atividades práticas, o Instituto Mamirauá vai oferecer aos alunos um kit com equipamentos para instalação do sistema fotovoltaico capaz de alimentar uma rádio comunitária, além de equipamentos para a produção das reportagens, como tablet e gravador. Ao final dos seis cursos, esses kits serão repassados para comunidades da região. 

O projeto teve início em agosto e é desenvolvido pelos Programas Qualidade de Vida, que desenvolve ações com o propósito de contribuir com a melhoria das condições de vida no âmbito da educação, saúde e saneamento e energias renováveis, e Gestão Comunitária que tem o objetivo de capacitar e fortalecer as lideranças comunitárias para o manejo dos recursos e para a sustentabilidade das ações de pesquisa do Instituto Mamirauá.

Texto: Vanessa Eyng

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: