Encontro reúne parteiras tradicionais e profissionais de saúde em Tefé, no Amazonas

Publicado em:  8 de dezembro de 2021

Nos dias 23 e 24 de novembro, aconteceu o 13º Encontro de Parteiras Tradicionais na região do médio Rio Solimões. O evento teve como objetivo compartilhar saberes, facilitar articulação das parteiras com o serviço de saúde, e identificar as redes de cuidados obstétricos para construção de mapas de cuidado. 

O encontro ocorreu no Centro Irmão Falco, na cidade de Tefé, e contou com a parceria e participação das Secretarias de Saúde dos municípios de Tefé, Alvarães e Maraã, Distrito Sanitário Especial Indígena do Médio Rio Solimões e Afluentes – DSEI/MRSA de Tefé, Central das Associações de Moradores e usuários da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã (CAMURA), e Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Amazonas (DEMUC/SEMA). O evento foi promovido pela Associação das Parteiras Tradicionais do Amazonas Algodão Roxo, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz Amazônia) e Instituto Mamirauá.

O 13º Encontro de Parteiras Tradicionais contou com a participação de 65 pessoas, sendo 47 parteiras tradicionais oriundas de comunidades rurais da região e da cidade de Tefé. Participaram da programação do evento, equipes da Unidade Básica de Saúde São Francisco e do Hospital Regional de Tefé da área de Saúde da Mulher. Durante o primeiro dia, foram feitas discussões e orientações sobre a atuação de cada parteira e dos profissionais das secretarias de Saúde no atendimento às gestantes e mães, desde o pré-natal até o pós-parto. 

Claudioney Guimarães / Instituto Mamirauá
Claudioney Guimarães / Instituto Mamirauá

No segundo dia, foram feitos diálogos sobre os serviços de saúde dos municípios, a apresentação sobre o funcionamento e conquistas da Associação Algodão Roxo, a entrega de kits para parteiras e o lançamento, entrega e sorteio do Livro “Parteiras Tradicionais: conhecimentos compartilhados, práticas e cuidados com a saúde” às parteiras e instituições parceiras. 

O livro Parteiras Tradicionais: conhecimentos compartilhados, práticas e cuidados com a saúde foi organizado por Júlio Schweickardt, Marília Sousa, Ana Claudeise Nascimento, Maria das Dores Gomes e Tabita Moares,  e foi cuidadosamente concebido com o propósito de contribuir para o reconhecimento social e político das práticas e dos saberes que, através de gerações acompanham e assistem as mulheres em momentos da sua gestação, parição e pós-parto. Foi promovido pela Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ; Instituto Mamirauá; Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Ciências Humana – PPGICH/UEA; e a Associação das Parteiras Algodão Roxo. E, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas – FAPEAM; Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação-SEDECTI/AM e PPGICH/UEA.

O Encontro foi realizado com apoio financeiro da Fundação Oswaldo Cruz, por meio do Programa Fiocruz de Fomento à Inovação “Inova Fiocruz”, do Governo do Amazonas e do Ministério da Saúde.

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail:

10