Encerramento da 11ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia aponta perspectivas positivas

Publicado em: 11 de dezembro de 2014

O Instituto Mamirauá recebeu, de 09 a 10 de dezembro, as atividades de encerramento da 11ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). O evento foi organizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas (SECTI-AM). Pela primeira vez as atividades aconteceram na cidade de Tefé (AM). Para João Valsecchi, diretor técnico científico do Instituto Mamirauá, "foi muito importante o evento de encerramento ter vindo para cá, porque é uma forma de reconhecimento de todos os esforços de divulgação científica que nós temos feito nos últimos anos".

Estas atividades de encerramento fecham as programações da SNCT no Amazonas. Neste ano, 170 pessoas acompanharam as palestras, que  apresentaram pesquisas e panoramas de políticas públicas que incentivam a divulgação científica. Ao final do evento, a publicação  A mortalidade de jacarés e botos associada à pesca da piracatinga na região do Médio Solimões - Amazonas, Brasil, do Instituto Mamirauá, foi lançada.

O Instituto Mamirauá participa das ações da SNCT desde 2006. Em 2014,durante os dias 16 a 18 de outubro,  2.615 visitantes acompanharam e interagiram com palestras, exposições, jogos didáticos, óculos de realidade virtual, vídeos, teatro, jogos e com o aplicativo "Conserve a Amazônia". Estas são ações que buscam apresentar e aproximar estudantes e a população em geral das pesquisas e projetos de extensão realizados pelo Instituto Mamirauá.

Apresentando o planejamento para o próximo ano, Douglas Falcão, do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), afirma "este ano a SNCT esteve presente em 850 municípios. Nossa meta para o próximo ano é chegarmos a 1.000 municípios. O Amazonas é o único estado do Brasil onde as atividades da SNCT acontecem em todos os municípios ". Já que 2015 foi definido como o Ano Internacional da Luz, a SNCT terá como tema Luz, Ciência e Vida. As atividades devem ocorrer de 19 a 25 de outubro. 

Durante o encerramento, também foi apresentado um novo projeto que o Instituto Mamirauá desenvolverá em 2015. "Realizaremos, junto com as atividades da SNCT, a primeira Feira de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social da região do médio Solimões. A ideia é transformarmos o espaço que já utilizamos para apresentar nossos trabalhos em um espaço para que a cidade e a região também apresente os seus", afirma João. Estas ações serão financiadas com recursos de edital do MCTI - por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis), Ministério da Educação (MEC),  Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e  Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

O projeto prevê que as escolas, com apoio do Instituto Mamirauá, "realizem feiras de ciência e os alunos que se destacarem nas feiras serão convidados a exporem seus trabalhos no Instituto, durante a SNCT", conta Maria Cecília Gomes, coordenadora de pesquisas do Instituto Mamirauá. "Com isso vamos dar um passo a mais no caminho de popularizar as iniciativas de pesquisa, conservação, desenvolvimento, principalmente incentivando os jovens da região a participarem de programas de iniciação científica, para ingressarem em uma carreira acadêmica ou técnica, quem sabe também seguindo para mestrados e doutorados", completa João.

Por Vanessa Eyng

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: