Curso de extensão aborda técnicas de estudo para pesquisas de crescimento de peixes

Publicado em: 31 de maio de 2012

Entre os dias 21 e 25 de maio, o Instituto Mamirauá promoveu em Tefé (AM), o curso de extensão “Crescimento de peixes por meio da leitura de marcas de crescimento em estruturas rígidas”. Com carga horária de 20 horas, entre aulas teóricas e práticas, a capacitação foi dirigida a graduandos e profissionais da área de biologia, dando maior compreensão sobre as técnicas utilizadas em estudo de crescimento de peixes.

Participaram do curso nove acadêmicos, entre eles graduandos da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), e profissionais da área de Biologia. Durante cinco dias, os participantes aprenderam sobre os fatores ambientais que afetam o crescimento dos peixes tropicais; procedimentos da leitura de marcas e anéis que definem a idade do peixe; o que vem a ser uma curva de crescimento do peixe.

As aulas foram ministradas pela Drª Danielle Pedrociane Cavalcante, bióloga com mestrado pela Universidade Federal do Pará e doutorado em aquicultura pela Universidade Federal de Santa Catarina. A convite do Instituto Mamirauá, a bióloga volta a Tefé, após 7 anos, para retomar este estudo de forma estratégica na preparação para o desenvolvimento da pesquisa de crescimento de peixes.

“O curso superou minhas expectativas, pois apesar de ser um tema muito importante, por outro lado também é muito complexo”, afirmou Danielle. Pesquisas sobre crescimentos de peixes tem grande relevância ambiental, pois ensinam aos pescadores o tamanho ideal das malhas de pesca e o tamanho ideal dos peixes a serem pescados.

Já a bacharelanda, do 7º período do curso de Biologia da UEA, Fernanda Pereira Silva, bolsista do Programa PIBIC Sr. do Instituto Mamirauá, mostrou-se empolgada com o curso, visto que alguns dos conhecimentos adquiridos ajudarão com a sua própria pesquisa de Análise Osteológica do Jacaré-Açu.

Texto: Renata Brandão

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: