Comunidades da Reserva Amanã recebem palestra sobre ações para redução das emissões de carbono

Publicado em: 28 de maio de 2014

Pesquisadores do Instituto Mamirauá reuniram-se com lideranças da Reserva Amanã, no dia 24 de maio, para apresentar o projeto “Participação e Sustentabilidade: o Uso Adequado da Biodiversidade e a Redução das Emissões de Carbono nas Florestas da Amazônia Central” (BioREC), desenvolvido pelo Instituto Mamirauá com financiamento do Fundo Amazônia.  
 
O objetivo do projeto é apoiar as ações de manejo e gestão participativa nas Reservas Mamirauá e Amanã, com pesquisa, desenvolvimento e disseminação de conhecimentos sobre agropecuária sustentável, manejo florestal madeireiro sustentável, manejo florestal não madeireiro sustentável, educação ambiental, proteção ambiental e monitoramento.
 
As quatorze ações que fazem parte do BioREC, seus resultados para a melhoria do cotidiano das comunidades e principalmente a importância da redução de
emissões de carbono foram apresentadas de forma clara e objetiva para os participantes da reunião, realizada na comunidade Vila Nova do Amanã. 
 
 
A pesquisadora do Instituto Mamirauá Auristela Conserva, coordenadora do BioREC, apresentou os principais pontos do projeto e especificou o desenvolvimento das ações de recomposição florestal que serão executada por ela e a equipe de Ecologia Florestal. Gerar mudas de árvores com importância ecológica e úteis para a comunidade está entre os resultados de sua pesquisa. 
 
“A participação dos comunitários é fundamental. Sem a participação deles na atividade a gente não consegue caminhar. Só o fato de eles terem aceitado incluir nossa apresentação como pauta da reunião, oferecido áreas ou demonstrarem interesse em receber as mudas já é um bom resultado”, explica a pesquisadora. Os membros das comunidades fizeram perguntas sobre o tema e propuseram formas de contribuir com a coleta de dados e a aplicabilidade da pesquisa.

Por Everson Tavares

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: