Com tecnologia para conservar a Amazônia, Instituto Mamirauá é um dos destaques no Festival Path em São Paulo

Publicado em: 17 de maio de 2018

Evento reúne inovações e criatividade esse fim de semana na capital paulista. O pesquisador do Instituto Mamirauá, Emiliano Ramalho, será um dos palestrantes e vai apresentar um sistema inédito para monitorar a Amazônia

A sexta edição do Festival Path chega a São Paulo nos próximos dias 19 e 20 de maio, e se anuncia como “o maior e mais diverso evento de inovação e criatividade do Brasil”. Entre shows, filmes, workshops e encontros estimulantes, o Instituto Mamirauá é um dos destaques da programação com um sistema inédito para monitorar e conservar a Amazônia. É o projeto Providence, que será apresentado em uma palestra por um dos seus coordenadores, o pesquisador Emiliano Ramalho.

“Tecnologia para a preservação da Amazônia” é o tema da palestra, que vai acontecer no domingo (20), às 15h, no Museu Instituto Tomie Ohtake, bairro Pinheiros. Emiliano Ramalho vai apresentar resultados do Providence, tecnologia que está em desenvolvimento para detectar espécies de animais na Amazônia com uso de imagens e sons e compartilhar esses dados em uma plataforma colaborativa e online. As informações podem ser usadas para conhecer mais e proteger o bioma amazônico.

O projeto Providence é uma colaboração entre centros de pesquisa ao redor do mundo, liderada pelo Instituto Mamirauá, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A tecnologia conta com financiamento da Fundação Gordon and Betty Moore. No início de maio, foram divulgadas as primeiras imagens captadas pelo sistema na floresta (veja aqui).

O palestrante, Emiliano Esterci Ramalho, é um dos idealizadores do projeto. Cientista PhD em Ecologia e Conservação da Vida Silvestre pela Universidade da Flórida, Emiliano é coordenador de Monitoramento e líder do Grupo de Pesquisa em Ecologia e Conservação de Felinos na Amazônia do Instituto Mamirauá. Os principais focos de seus projetos mais recentes são: a formação de redes de pesquisa e conservação, o desenvolvimento de inovações tecnológicas para o monitoramento da biodiversidade e disseminação de resultados de pesquisa e monitoramento.

Para participar da palestra “Tecnologia para a preservação da Amazônia” e de outras atividades do Festival Path, confira a programação completa do evento e acesse: https://www.sympla.com.br/festival-path-2018__189031

 

Festival Path 2018 – 19 e 20 de maio de 2018

Palestra “Tecnologia para a preservação da Amazônia” com Emiliano Ramalho (Instituto Mamirauá)

Quando? 20 de maio (domingo), às 15h

Onde?  Sala Gente – Museu Instituto Tomie Ohtake (Avenida Brigadeiro Faria Lima, bairro Pinheiros, São Paulo)

Ingressos: https://www.sympla.com.br/festival-path-2018

 

Texto: João Cunha

 

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu email: