Com patrocínio da Petrobras, Instituto Mamirauá vai qualificar jovens nas áreas de comunicação comunitária e energias renováveis

Publicado em: 20 de agosto de 2014

Educar, divertir, informar e contribuir nos processos de busca de oportunidades profissionais. Por meio do projeto “Energia Solar nas Ondas do Rádio”, o Instituto Mamirauá, com o patrocínio da Petrobras, vai qualificar 120 jovens de Tefé (AM) com a oferta de cursos focados em sistemas fotovoltaicos capazes de gerar energia para o funcionamento de rádio comunitária.
 
O projeto acontece ao longo de dois anos, com a realização de seis cursos que irão aliar as tecnologias do sistema fotovoltaico e as de radiodifusão comunitária em sistemas de alto falante, proporcionando aos jovens conhecimento, qualificação e certificação por instituição de ensino profissional. Poderão participar jovens de 15 a 29 anos, residentes em comunidades rurais ou urbanas de Tefé.
 
Um ponto importante do projeto é incentivar o protagonismo juvenil e a formação cidadã. Preparando os participantes para atuação local, contribuindo para o engajamento das comunidades e efetiva participação das populações em discussões e tomadas de decisão sobre a gestão de áreas e conservação dos recursos naturais. Além de preparar os participantes para suprir futuras demandas de trabalho na região.
 
A carga horária e o conteúdo programático seguem as diretrizes da Formação Inicial Continuada do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Os alunos participarão de aulas teóricas e práticas. Entre os conteúdos oferecidos estão conceito e história da energia renovável, os diferentes tipos existentes,  com foco especial no sistema fotovoltaico, língua portuguesa, comunicação comunitária, redação, locução, entre outros. Além do conteúdo das aulas práticas, dos quais, instalação, geração e manutenção de energia fotovoltaica e dos sistemas de rádio comunitária por alto falante.
 
Para realização das atividades práticas, o Instituto Mamirauá vai oferecer aos alunos um kit com equipamentos para instalação do sistema fotovoltaico capaz de alimentar uma rádio comunitária, além de equipamentos para a produção das reportagens, como tablet e gravador. Ao final dos seis cursos, esses kits serão repassados para comunidades da região. 
 
Por Amanda Lelis
 

Últimas Notícias

Comentários

Receba as novidade em seu e-mail: