Instituto Mamirauá - Conservação na Amazônia - Vida na Várzea - aplicativo - http://www.mamiraua.org.br/pt-br/reservas/vida-na-varzea-aplicativo-para-tablet/

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Reservas

Rafael Forte

Vida na Várzea - aplicativo

O som das aves e as espécies de primatas. As áreas de ocorrência de onça-pintada na Reserva Mamirauá. Os indicadores de renda para as comunidades ribeirinhas. Essas são algumas das informações disponíveis no aplicativo para tablet "Vida na Várzea", criado pelo Instituto Mamirauá. A primeira versão do material foi disponibilizada para o público durante a participação da instituição na Rio + 20, conferência das Nações Unidas realizada em julho, no Rio de Janeiro (RJ). A partir de agora está disponível para download, bem como para consulta por meio da App Store. 

 
O aplicativo é dividido em 13 capítulos. O primeiro apresenta alguns conceitos sobre a várzea amazônica e uma animação sobre o pulso de inundação na Reserva Mamirauá, que representa os ambientes alagados sazonalmente. Aborda também sobre a vazante, o recuo da água e a seca. Informações sobre o pulso de inundação na Reserva Mamirauá são resultados de uma pesquisa publicada em 2009. Uma animação sobre o nível médio mensal da água na unidade de conservação foi produzida e representa graficamente a variável do nível de água de cada mês. 
 


 
Espécies de animais também são abordadas e são elas: onças-pintadas, jacarés, quelônios, aves e primatas. O peixe-boi amazônico também está presente com sua rota de migração que varia entre as Reservas Mamirauá e Amanã. Piranha, piramboia e candirus são algumas das curiosidades das espécies de peixes apresentadas na lâmina "curiosidade sobre peixes". O último capítulo é sobre informações das populações humanas, de censo e renda. 
 
O Mamirauá App está disponível nas versões inglês e português e pode ser baixado através do Google Play nos dispositivos Android e também no iPad através da App Store, está disponível nas versões inglês e português e pode ser acessado por meio do link www.mamiraua.org.br/app. É uma produção da Agência Pixele, de Curitiba (PR). 

Financiadores